Skip to content
mar 17 14

A questão da água

by Berti

 As fracas chuvas desse ano, por enquanto, deixa-nos um legado: pouca água. Vislumbramos, se não houver mudanças, racionamento do precioso líquido.

 Esses eventos são propícios para mudanças de hábitos. Sempre é mais fácil que as outras pessoas mudem e que eu não precise alterar a minha rotina já sedimentada. Mas, por outro lado, é muito gratificante poder contribuir para o bem coletivo.

 Será que as pessoas vão economizar água? Penso que o mais importante é fazermos a nossa parte, independentemente dos demais. Se cumpro a minha parcela de esforço, posso dormir com a consciência plena e feliz. Há muita sabedoria e traz paz substancial, quando estamos com as nossas consciências tranquilas. Peço que divulgue esse texto com as pessoas que trabalham na sua casa ou na sua empresa e que podem utilizar a água de maneira mais sábia.

 Algumas maneiras de reduzir o desperdício:

a – na cozinha: ensaboe todas as louças com a torneira DESLIGADA. Depois, com a vazão da torneira no mínimo, faça o enxágue. Enxaguar com a torneira no mínimo demora um pouquinho mais, mas vale a pena;

 b – no banho: ligue o chuveiro para molhar-se. Desligue e lave a cabeça. Ligue novamente para enxaguar a cabeça e desligue. Ensaboe todo o corpo (com o chuveiro desligado). Jogue água para o enxágue. Algumas pessoas colocam o chuveiro no quente e ampliam o volume da água para que fique morna. Faça o inverso: regule a temperatura no mínimo, e o jato de água poderá ser pequeno. BANHOS RÁPIDOS. Nesse sistema, o chuveiro precisá ficar aberto menos de cinco minutos;

 c – na escovação dental: molhe a escova com a pasta dental e DESLIGUE a torneira. Escove os dentes e ligue a torneira para enxaguar;

 d – em resumo, nada de deixar a torneira aberta enquanto espera qualquer coisa.

 Mas o mais importante é sentir-se parte do todo. Assim como não quero ficar sem água, deverei pensar nos demais que também não querem. Quando temos felicidade em contribuir com o bem coletivo, mesmo que tenhamos de alterar velhos e obsoletos hábitos, estamos bem no caminho da evolução pessoal.

 

mar 10 14

Palestras

by Berti

 1 – Em continuidade ao nosso projeto de compartilhar com a comunidade parte dos nossos conhecimentos, teremos, em março, duas palestras: Prof. José Pedro Andreeta com o tema A Realidade Quântica, o Homem e o Universo (ingresso um quilo de alimento não perecível) e Clélio Berti com o tema Alta Performance Física (gratuita). Faça a sua inscrição por e-mail flamboyant.sp@metododerose.org Convide os seus amigos, divulgue pelo Face, e-mail e outras mídias.

 2 – A Realidade Quântica, o Homem e o Universo

Dia 28/3, 19:30h – Av. José Bonifácio, 1030

 A Palestra é uma apresentação dos novos fundamentos da realidade que o homem moderno vive – e que sempre viveu – descobertas recentemente pela ciência moderna – o Mundo Quântico – e da coerência desses novos conceitos científicos com os conhecimentos de uma Sabedoria Antiga. A integração dessas duas fontes de conhecimentos nos permite dar um primeiro passo na criação de uma Ciência Maior que nos leve compreender a razão da existência do ser humano e do Universo. No desenvolver da apresentação poderemos notar que a filosofia, invariavelmente, dá uma nova razão para os conhecimentos que a ciência moderna possui e que essa razão se mostra necessária para compreender o mundo quântico, o que realmente somos e porque vivemos em uma esferazinha rodopiante no nosso incomensurável Universo.

 José Pedro Andreeta Prof. da cadeira de Física Quântica da USP, escritor com três livros publicados: Quem se atreve a ter certeza?, Princípios Herméticos ComSciência e O Segredo do Mestres e o Mundo Quântico.

 3 – Alta Performance Física

Dia 25/3, 19:30h – Av. José Bonifácio, 1030

 1 – Que é alta performance física?

 2 – Avaliação física

a – com dor ou sem dor?

B – com lesão ou sem lesão? Gravidade da lesão.

C – força, flexibilidade e encaixes

d – casos práticos de avaliação física

 3 – Como trabalhar cada ser humano

a – a questão da individualidade (cada ser humano é único)

b – idade e histórico de vida

c – desenho do trabalho a ser feito

d – etapas do trabalho a ser desenvolvido

 4 – Como avaliar os resultados

a – avaliações semestrais e trimestrais

b – presença ou ausência de dor

c – evolução física

d – necessidade de mudança de estratégia

 

 

fev 28 14

Liderança

by Berti

 A capacidade de estar a frente de um grupo é fundamental para quem deseja habilitar-se a ser empresário ou participar de níveis hierárquicos significativos nas grandes corporações.

 A mesma equipe de profissionais rende significativamente mais, quando comandadas por um líder capaz de mobilizar as suas energias em uma única direção. Todos nós temos um certo grau de liderança natural. Mas, ser um comandante eficaz ainda são poucos.

 Para as pessoas que desejam implementar essa habilidade, a pergunta é: O que me falta para que eu possa ser um líder eficiente? Para as pessoas que já ocupam cargos de liderança: empresários, executivos, diretores etc a pergunta é: Será que eu poderia ser melhor para conduzir a minha equipe na obtenção de resultados mais interessantes?

 Um dos pilares da liderança é o autoconhecimento. Um líder eficiente é capaz de, verdadeiramente, compreender as suas motivações, os seus desejos, os anseios e a habilidade de lidar com o fracasso temporário. A compreensão de si mesmo, permitirá entender o outro para estimulá-lo da forma adequada.

 O nosso curso de Alta Performance é uma oportunidade de aprofundar o autoconhecimento e, a partir dele, ampliar a capacidade de liderar.

 

fev 18 14

Produtividade

by Berti

 Alcançar altos índices de produtividade requer determinadas condições. Todos queremos produzir mais em espaços de tempo cada vez mais curtos.

 A busca pela produtividade a qualquer preço, poderá afetá-la substancialmente. Para um bom desempenho precisamos de boa saúde, excelente alimentação, sono reparador e cabeça fresca. Sem uma ferramenta para administrar o cotidiano afundamos em compromissos, correria e queda de produtividade.

 Os primeiros sintomas aparecem com a dificuldade de concentração, a sensação de que o dia não rendeu como o esperado e o acúmulo de afazeres. O excesso de preocupações, a noite mal dormida e outras mazelas fazem com que o próximo dia já comece embotado.

 Ter um desempenho satisfatório implica na ideia de fazer tudo o que precisamos, do ponto de vista profissional, e ainda sobrar tempo de qualidade para a família, para os amigos e para solucionar as pequenas coisas como lavar o carro etc.

 Aprender a respirar adequadamente, trabalhar o corpo para mantê-lo forte e com boa resistência muscular e desenvolver uma concentração afinada formarão a base para uma produtividade qualificada quer seja no ambiente profissional, quer seja na vida pessoal.

fev 10 14

Expansão da Bioenergia

by Berti

 Curso com o Prof. Milton Marino

Data: Domingo, 23 de março 13:00

Local: Unidade Flamboyant


Na primeira etapa desse curso vamos ver o funcionamento corporal e efeitos físicos das técnicas respiratórias. Os temas abordados serão: 

– Os músculos responsáveis pela respiração e o seu treinamento (a respiração baixa, media, alta e completa) 
– Fases da respiração
– Contrações de plexos e glândulas e sua influencia no ato de respirar
– Ritmo respiratório (tipos de ritmo, evolução do ritmo e o aumento da capacidade respiratória) 

Na segunda fase vamos estudar a energia e sua expansão, os temas serão: 

– O Prána (o que é, como ver, captação, armazenamento e distribuição, excreção, tipos) 
– O corpo energético ( Nadís, Chakras, Kanda, Kundaliní ) 
– A expansão do Prána ( Mecânica ventilatória), 
– Manaskriyá (visualização – Onde esta a mente está a vida e, portanto a bioenergia), 
– Mudrás (Dinamizando a energia através do magnetismo das mãos), 
– Bandhas (Movimentando a energia corporal)

 

jan 27 14

Teto Verde

by Berti

  A reforma do teto da escola é um projeto ousado que pretendo executar esse ano. Não está certo ainda, pois os custos são expressivos. A proposta básica é fazer uma cobertura ecológica (telhado verde ou telhado vivo) e combinar com a coleta de água da chuva. Para isso, precisamos desmontar o telhado existente, fazer as adaptações necessárias e colocar a cobertura verde.

 Vantagens do telhado verde:

a – refrigeração da casa, principalmente do piso superior (a sala de cima é muito quente)

b – coleta de água da chuva para rega do jardim, lavagem de piso etc

c – economia da conta de água e economia na conta de energia elétrica com a refrigeração do piso superior

d – retenção da água da chuva e, com isso, redução das enchentes

e – redução do efeito chamado “bolha térmica” das grandes cidades, pois a inclusão de massa verde reduz o calor da cidade

f – melhoria do ar da cidade, pois massa verde absorve gases, como o CO2

g – pode-se fazer uma “horta”

 Desvantagens do telhado verde:

a – se fizer um bom projeto com a impermeabilização adequada (nós faremos isso através de uma tecnologia interessantíssima), não há desvantagens

 Toda vez que fazemos algo que beneficia outras pessoas e a Natureza, acumulamos créditos. “Se semeares vento, colherás tempestade”. O fruto de ações bacanas retornam de uma maneira ou de outra. O primeiro beneficiário será a escola pelo conforto térmico e pela economia de água e energia elétrica. Mas, a comunidade também será beneficiária com a redução do efeito estufa, a climatização dos centros urbanos, a redução das águas pluviais na vias públicas (que causam enchentes) e a melhoria do ar. A decisão de fazer a cobertura verde leva em consideração as vantagens pessoais e as vantagens da comunidade. Quando você fizer qualquer projeto, faça as seguintes perguntas:

a – gosto?

B – Faz bem para mim?

C – Faz bem para as outras pessoas?

D – faz bem para os animais e as plantas?

E – faz bem para a Natureza?

Se todas as respostas forem positivas, você PRECISA executar esse projeto. Se você agir dessa forma, suas ações farão bem à humanidade. O retorno será generoso.

Torça comigo para que possamos executar essa obra em 2014.

 

jan 20 14

Palestras

by Berti

 1 – O Método DeRose Flamboyant oferta palestras gratuitas como parte do programa de retorno à comunidade de parcela do seu talento. Assim como a CPFL oferta o espaço cultural gratuito para a comunidade e a Receita Federal oferece palestras para contadores, nós ofertamos as nossas palestras.

 2 – Cronograma 2014

Programação para o sucesso – 28/01 – 19:30h

Alta performance física – 25/03 – 19:30h

Alimentação saborosa e inteligente – 13/5 – 19:30h

Respiração e consciência – 31/7 – 19:30h

Respiração e emoção – 25/9 – 19:30h

Como suprimir as instabilidades da consciência – 27/11 – 19:30h

 3 – Conteúdo da palestra Programação para o sucesso

 Objetivo: transmitir conceitos que permitam ao indivíduo interagir com a realidade de maneira positiva e criativa

 a – Como vejo o mundo e como reajo (só comigo!)

b – Mentalização matinal

c – Como lidar com agressões externas

d – Como lidar com coisas que deram errado

e – Programação progressiva para o sucesso (quero, vou, estou)

 4 – Faça a sua inscrição pelo flamboyant.sp@metododerose.org ou pelo telefone 3254.3519. Av. José Bonifácio, 1030.

 5 – Se você gostou do tema e gostou da proposta, convide os seus amigos, colaboradores, sócios e familiares. Divulgue pelo e-mail, Face e outras mídias.

 6 – Se cada um de nós ofertasse um pouco do seu talento ou do seu dinheiro à comunidade, teríamos um mundo melhor. Compre essa ideia.

 

jan 13 14

Palestras

by Berti

 1 – O Método DeRose Flamboyant oferta palestras gratuitas como parte do programa de retorno à comunidade de parcela do seu talento. Assim como a CPFL oferta o espaço cultural gratuito para a comunidade, nós ofertamos as nossas palestras.

 2 – Cronograma 2014

Programação para o sucesso – 28/01 – 19:30h

Alta performance física – 25/03 – 19:30h

Alimentação saborosa e inteligente – 13/5 – 19:30h

Respiração e consciência – 31/7 – 19:30h

Respiração e emoção – 25/9 – 19:30h

Como suprimir as instabilidades da consciência – 27/11 – 19:30h

 3 – Conteúdo da palestra Programação para o sucesso

 Objetivo: transmitir conceitos que permitam ao indivíduo interagir com a realidade de maneira positiva e criativa

 a – Como vejo o mundo e como reajo (só comigo!)

b – Mentalização matinal

c – Como lidar com agressões externas

d – Como lidar com coisas que deram errado

e – Programação progressiva para o sucesso (quero, vou, estou)

 4 – Faça a sua inscrição pelo flamboyant.sp@metododerose.org ou pelo telefone 3254.3519. Av. José Bonifácio, 1030.

 5 – Se você gostou do tema e gostou da proposta, convide os seus amigos, colaboradores, sócios e familiares. Divulgue pelo e-mail, Face e outras mídias.

 6 – Se cada um de nós ofertasse um pouco do seu talento ou do seu dinheiro à comunidade, teríamos um mundo melhor. Compre essa ideia.

 

dez 2 13

Como você respira?

by Berti

 A respiração é uma função ao mesmo tempo consciente e inconsciente. Respira-se o tempo todo inconscientemente. Mas, se você desejar, pode torná-la consciente. Qual a vantagem?

 Assim se manifesta o Escritor DeRose: “Para viver, todos os seres precisam respirar. Respirando, incrementamos vitalidade, revitalização, reconstituição dos tecidos, insuflando-lhes a própria vida. Controlando os ritmos respiratórios , dominamos nossas emoções e ações. Alterando os níveis de profundidade da respiração, conquistamos novos estados de consciência. Interferindo voluntariamente no ato respiratório, cruzamos a fronteira entre o consciente e o inconsciente”.

 A ideia é muito simples: cada estado emocional gera uma respiração peculiar. O medo, por exemplo, deixa a respiração curta e torácica. A descontração gera respiração abdominal e suave. Se o emocional afeta o ritmo respiratório, o inverso também é verdadeiro. Se você conseguir determinado ritmo por um tempo mínimo, o estado emocional correspondente surge.

 Na prática há alguns obstáculos. De nada vale lembrar da respiração após a explosão emocional. Deve-se adestrar o organismo para que você a utilize no momento certo. Assim, se alguém fizer algo que faz o sangue subir, respire com profundidade e retenha o alento por alguns instantes com os pulmões cheios. A razão prevalecerá.

 

nov 25 13

Segunda eu começo

by Berti

 É impressionante o número de pessoas que programam os inícios para segunda-feira ou para o próximo ano. Tais promessas surgem, principalmente, nos momentos difíceis. Quando o momento crítico surge e a oportunidade escapa entre os dedos, a promessa é instantânea: vou mudar. Mas o tempo passa e a intenção esvai-se com ele.

 Quantas vezes disse que mudaria a alimentação para torná-la mais saudável? Quantos projetos fez para incluir atividade física na sua vida? Quantos momentos sentiu necessidade de cuidar da saúde, da aparência ou das emoções?

 Quantas coisas que você começou, gostava de fazer e deixou para trás? Se não gostasse, seria perfeitamente compreensível a interrupção.

 Quando se deixa de fazer ou não se faz algo que faz bem e gosta-se, devem-se procurar as razões nas profundezas da mente. Se o indivíduo sente-se merecedor, se acredita verdadeiramente que sua vida vale a pena, então cuidar-se-á. Por outro lado, se a autoestima é lastimável, manifesta-se externamente pelo desleixo. O cuidado com a aparência não é mera futilidade, mas sim expressão de sentimentos mais profundos. Evidentemente, o externo pode estar bem e o interno não. Mas, com certeza, se a aparência estiver relapsa, o interior está bagunçado.

 A solução é encontrar algo que goste e faça bem. O melhor dia para começar é hoje. Depois, vencer as tentações de parar. Jogar no lixo as desculpas como falta de tempo. Você não acha que merece cuidar-se?